UNEMAT terá nove novos cursos a partir do próximo ano. Inclusive Medicina

A Universidade do Estado de Mato Grosso terá a partir do próximo ano um novo marco expansionista na sua história com a aprovação de nove novos cursos em nove campi diferentes. Entre os cursos aprovados nos Conselhos Superiores da UNEMAT, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão e Conselho Universitário ocorridos nesta semana está o curso de Medicina para Cáceres, Direito para os campi de Alta Floresta, Barra do Bugres e Pontes e Lacerda, Administração para os campi de Juara e Nova Xavantina, Engenharia Elétrica para o campus de Sinop, Geografia para o campus de Colíder e Engenharia Civil para o campus de Tangará da Serra.

O reitor da UNEMAT, Adriano Silva, comemorou o resultado das votações assim que os conselheiros do CONSUNI aprovaram a criação dos novos cursos. Ele enfatizou que a sociedade de Mato Grosso será a grande beneficiada com a expansão dos serviços oferecidos pela instituição e lembrou que esse é um momento muito positivo quando há um comprometimento do governo estadual em assegurar as condições para que a UNEMAT cresça e se fortaleça...

Para o reitor a criação dos novos cursos está sendo feita de forma planejada de modo a garantir a qualidade na oferta desses serviços e continuar garantindo investimentos para fortalecer os outros 44 cursos regulares de graduação oferecidos pela UNEMAT, sem contar os cursos de ensino a distância, pela modalidade Parceladas e pela Faculdade Indígena Intercultural. “A nossa administração quer ousar, crescer mas de forma planejada e consciente, por isso estamos fazendo as ações de modo que possamos assegurar os investimentos para os novos cursos e também para os já existentes, além de garantir o fortalecimento do ensino, da pesquisa, da extensão e da permanência do acadêmico na universidade”, afirma Adriano Silva.

Com a aprovação interna dos cursos nos conselhos, a UNEMAT passa a preparar a estrutura necessária a fim de que o vestibular para o segundo semestre de 2012 já contemple a abertura desses novos cursos.A escolha dos cursos a serem abertos foi feita pelos próprios campi por meio de pesquisa de demanda e atendem as áreas estratégicas para o desenvolvimento nacional e regional.

 

Diário News

Por: Ivone Lima / pontaldoaraguaianews.com

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário