Ex-primeiras-damas estão cotadas para a disputa

Mulheres podem pela 1ª vez protagonizar disputa municipal

 

RENATA NEVES
Especial para o Diário

Foto: pontaldoaraguaianews.com

A disputa às prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande pode contar com a participação de mulheres de peso. Para Cuiabá, o DEM e o PR estudam lançar as candidaturas de Iraci França e Terezinha Maggi, respectivamente, enquanto em Várzea Grande o nome do democratas é a esposa do senador Jayme Campos, Lucimar Sacre de Campos.

Na próxima segunda-feira (26), a cúpula do DEM se reunirá com a ex-primeira-dama de Cuiabá Iraci França na tentativa de convencê-la a filiar-se novamente à sigla para disputar o comando da Capital. Ela se desfiliou em agosto do ano passado, quando seu marido, o ex-prefeito de Cuiabá Roberto França, assumiu a diretoria de comunicação e marketing da Agência Estadual para Execução dos Projetos da Copa do Mundo do Pantanal (Agecopa).

Esta não é a primeira vez que o nome de Iraci é lembrado pela sigla. Nas eleições de 2008, o partido chegou a lançá-la como pré-candidata para disputar a prefeitura de Cuiabá, mas acabou apoiando o candidato do PP, atual deputado estadual Walter Rabello, e indicando como vice a arquiteta Ana Rita Maciel.

Apesar de confirmar presença na reunião de segunda, França evita falar em uma eventual candidatura. Ela diz que primeiro irá ouvir o que o DEM tem a dizer, para só depois tomar uma decisão. “É natural que eles se lembrem do meu nome, afinal já pertenci à sigla, no entanto vou avaliar a conversa que teremos e o atual momento para me decidir”, ponderou.

Lucimar Sacre de Campos, por outro lado, está entusiasmada com a ideia de disputar o comando do Paço Couto Magalhães e já fala como candidata. “Fico preocupada com a nossa cidade e tenho o desejo de fazer um pouco mais pelo nosso povo”.

Durante reunião na sede do partido, realizada na última segunda-feira (19), o senador Jayme Campos disse avalizar a candidatura da esposa e afirmou que, se dependesse dela, “o bonde já estaria na rua”, mas ponderou que ainda é cedo para definir nomes.

Apesar disso, Lucimar já se prepara para a campanha. No momento, a ex-primeira dama se dedica a cuidar do Instituto Jaiminho. A instituição atende mais de 500 crianças carentes do município. “Várzea Grande está muito sofrida e precisa de alguém que goste realmente da cidade”, ressaltou Campos.

Um dos nomes mais cotados pelo PR após recuo do deputado estadual Sérgio Ricardo, Terezinha Maggi ainda não se manifestou publicamente sobre a possibilidade de se candidatar. Procurada pela nossa reportagem, a esposa do senador Blairo Maggi não atendeu aos telefones e nem retornou as ligações.

 

 

 

Por: Ivone Lima

Pontaldoaraguaianews.com

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário