30-11-2011-Métodos da Lei Seca no RJ será implantado em MT.

Após a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovar a PSL n 48/2011, que impõe tolerância zero e punição a todos os condutores que guiarem sob o efeito de qualquer concentração de álcool no organismo, ainda vemos inúmeros acidentes de trânsito ocorrendo com motoristas em estado de embriaguês nas ruas e rodovias do Estado.

Em entrevista nesta manhã de segunda-feira (28) o presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), Teodoro Moreira Lopes, disse que a melhor alternativa é a fiscalização, que o Estado já faz, mas que há uma necessidade de aprimorar e aumentar a demanda de policias nas ruas ainda mais.

Segundo ele, o Detran já tem a autorização do Governo do Estado para que no próximo concurso da Polícia Militar o órgão venha a remanejar policias, exclusivamente, para o batalhão de trânsito. De acordo com o presidente, a intenção do governador, Silval Barbosa, é chegar a um número de 1000 policiais no batalhão, já que atualmente conta-se com 90.

Lopes falou ainda sobre a criação da “Lei Seca” em Mato Grosso, ao qual seguirá os padrões da lei

do Estado do Rio de Janeiro. “Já existe uma equipe do Detran fazendo um trabalho no Rio de Janeiro, onde está sendo viabilizado toda a parte operacional, como funciona todo o sistema e vamos colocar isso, com certeza, no ano que vem em nosso Estado”, afirma Lopes.


Lei Seca no RJ


A lei de 19 de junho de 2008 estabelece que o condutor que apresentar quantidade igual ou superior a seis decigramas de álcool por litro de sangue estará cometendo crime, sujeito a uma pena de detenção de seis meses a três anos.

Também estabelece prisão em flagrante para o motorista que provocar acidente com vítima estando alcoolizado, participando de racha, conduzindo veículo em acostamento ou na contramão, ou ainda em velocidade superior à máxima permitida para a via em 50 Km/h. Nessas situações, o caso não será enviado a juizado especial e o condutor perderá o direito ao pagamento de fiança.

Para conscientização do motoristas neste final de ano Lopes conta com as palestras da campanha "Trânsito Consciente, pra vida seguir em frente" feitas no período de março a outubro, onde, segundo ele, mais de 200 mil pessoas assistiram as reuniões nos municípios de Cuiabá, Chapada dos Guimarães, Sorriso, Primavera do Leste, Tangará da Serra, Campo Verde, Alta Floresta, Barra do Garças, Rondonópolis, Diamantino e Cáceres, “nessas palestras nós trabalhamos, além da conscientização do trânsito, a questão do álcool, que no ano que vem, ao retornarmos com as reuniões o número de pessoas que irão participar das palestras irá dobrar”, finaliza o presidente.

 

Noticiando
Da Redação

 

 

 

 

Publicação: Ivone Lima

Pontaldoaraguaianews.com