29-11-2011-Ralf Leite tenta voltar à Câmara Municipal como funcionário efetivo

Da Redação - Júlia Munhoz e Renê Dióz

O ex-vereador por Cuiabá Ralf Leite parece estar mesmo decidido a retornar a Câmara Municipal, mesmo que seja em um cargo administrativo. Isso porque, ele foi um dos candidatos que fez a prova para o concurso do Legislativo Cuiabano, realizada neste domingo (27).

O fato que pode ser considerado mais curioso é que ele concorre a uma vaga para Portadores de Necessidades Especiais (PNE). A prova objetiva foi realizada na manhã de ontem na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e o ex-vereador é um dos 165 candidatos que disputa uma das cinco vagas ofertadas no concurso.

Ralf Leite esclareceu que tem o direito de realizar o concurso como PNE porque guarda seqüelas nas duas pernas por causa de um acidente que sofreu quando fazia curso de formação de oficiais. Ele sofreu uma trombose e teve insuficiência renal aguda; passou 17 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Jardim Cuiabá e chegou a ser transferido para outro hospital.

Na época, ele conta que ficou por seis meses em cadeira de rodas e um ano se locomovendo com o auxílio de um andador. Tanto que sua carteira de habilitação foi expedida para usuário PNE.

“Como cidadão, é meu direito”, enfatizou, mencionando que possui atestados médicos e que anualmente ainda faz tratamentos em Brasília e fisioterapia.

Quanto ao desempenho na prova do concurso, o ex-vereador afirma que foi bem e que sempre procurou fazer concursos públicos, independente de ter sido eleito vereador. Mencionando que seu mandato foi tomado, Ralf explicou que realizar a prova é apenas “vontade de trabalhar”.

Histórico

Ralf Leite teve o mandato cassado pela Câmara de Cuiabá em agosto de 2009 por quebra de decoro parlamentar, após ter sido preso por acusações de exploração sexual, corrupção ativa e falsidade ideológica.

Atualmente, o ex-vereador tenta de todas as formas reaver seu mandato e entrou com pedido de anulação da sua cassação no legislativo cuiabano depois de ser absolvido pela justiça. Ele teve o recurso apreciado pelo juiz da Terceira Vara Criminal de Várzea Grande, Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, no dia 6 de setembro.

 

 Por: Ivone Lima

Pontaldoaraguaianews.com

COMENTÁRIOS

Ralf Leite

Edna Rojas | 30/11/2011

Tiro o chapéu para esse cara ,ele faz a sua sacanagem e não se preocupa em ficar no muro,famoso cara de pau.
só para rir.....

Novo comentário