Ságuas deixa presidência do PT para voltar a Seduc.

Da Redação - Laura Petraglia

O Partido dos Trabalhadores (PT) deve encaminhar  ofício ao governador Silval Barbosa (PMDB) que indica o suplente de deputado federal, Ságuas Moraes (PT), para retornar ao cargo de secretário de Educação. Ao que tudo indica a atual secretária de Estado de Educação, Rosa Neide Sandes, já teria concordado em deixar o comando da pasta.

Ságuas esteve reunido com o chefe do executivo estadual na semana passada no Palácio Paiaguás e acertaram os últimos detalhes para que reassuma a Seduc. Ele deixou a pasta em março de 2010 para ser candidato a deputado federal.

“Já está tudo certo e combinado com todo mundo, inclusive com o governador. Na próxima semana, devo ter um novo encontro com ele para definir a data da posse”, disse.

Pressionada pela cúpula petista para deixar o cargo, Rosa Neide acatou a decisão partidária e deve continuar na equipe como secretária-adjunta ou assessora especial.

Também na próxima semana, a secretária deve se encontrar com Silval Barbosa para saber o seu destino na administração estadual. “A decisão cabe ao governador e vou deixá-lo a vontade”, afirmou.

A confirmação do pedido de afastamento de Ságuas da direção estadual do PT aconteceu no sábado (24), quando o diretório estadual do partido se reuniu. Na ocasião, será escolhido o novo comandante da sigla partidária, que deve ser Willian Sampaio, ex-superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

 

Por: Ivone Lima

Pontaldoaraguaianews.com

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário