23-10-2011-Engenheiro da Sema morre em fila de espera para fazer cirurgia em Cuiabá.

De Barra do Garças - Ronaldo Couto

Foto: Sema-BG

Cirilo era um idealista e amava o Meio Ambiente

O engenheiro florestal da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) Cirilo Ramos da Silva Neto, 39 anos, faleceu neste sábado (22) em Barra do Garças (509 km de Cuiabá) devido a complicações de saúde. Cirilo é do quadro efetivo da Sema e já foi diretor do parque estadual Serra Azul do município e atualmente coordenava o trabalho de Educação Ambiental no Vale do Araguaia.

O diretor da Sema, Cleber Fabiano, lamentou a morte do colega. Cirilo passou mal na sexta-feira por volta das 17 horas e foi internado no Pronto Socorro com dores lombares. O quadro dele evoluiu para uma suspeita de aneurisma pulmonar causado talvez por um tumor e necessitava de uma cirurgia torácica, em Cuiabá. A partir deste momento teve início uma luta dos colegas de Cirilo para conseguir uma vaga na capital.

O tempo foi passando e como não surgia essa vaga na capital, o estado de saúde de Cirilo piorou e foi encaminhado para Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O ambientalista não resistiu e morreu por volta das 13 horas deste sábado.

“Nós perdemos um grande companheiro. Apaixonado pelo Araguaia, pela natureza. A vida do Cirilo sempre defender o Meio Ambiente”, comentou Cleber. O corpo de Cirilo será velado sábado em Barra do Garças e seguirá no domingo para Barão de Melgaço, próximo a Cuiabá, onde mora sua família.

Cirilo deixa um filho de 5 anos de idade que mora em Cuiabá. No próximo dia 24, o ambientalista completaria 40 anos de idade. Entre os trabalhos defendidos por Cirilo estão à implantação da guarda do parque da Serra Azul, o caminho das trilhas e o replantio de árvores em área militar degradada com garimpo no Araguaia.

 

 

Por: Ivone Lima/pontaldoaraguaianews.com

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário