20-10-2011-Jovem vai à Polícia e confessa que matou o pai.

O jovem Edelson Silva, 24, se apresentou, à Polícia e confirmou ter assassinado o pai, o vendedor Novandir José da Silva, 55, que ficou mais de dois meses internado no Pronto-Socorro de Cuiabá.

Edelson relatou a delegada Anaíde Barros, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), responsável pelas investigações, que discutiu com o pai, por causa da amante que ele tinha.

Conforme Edelson, ele fez uma ligação em número restrito e o pai atendeu. Ele percebeu que o pai estava na casa da amante. Então, naquele dia, 8 de agosto, ingeriu bebida alcoólica a tarde toda. Assim que o pai retornou, os dois discutiram. O filho pegou um revólver e atirou contra o pai.

Ferido, Novandir ficou internado no PSC durante alguns dias. Ao voltar para casa, seu estado de saúde se agravou e ele retornou ao hospital, ficando cerca de dois meses internado.

Nesse ínterim, Edelson conversou e pediu perdão para o pai. Conforme a delegada, o jovem se mostrou arrependido de ter atirado no próprio pai.

A delegada informou que Edelson se apresentou com seu advogado, Francisco Vacani, e deverá responder pelo crime em liberdade. Mas, não descartou a hipótese de solicitar a prisão preventiva dele, no final das investigações.


Fonte:Agência da Notícia com Midia News

 

 

 

Publicação: Ivone Lima

Pontaldoaraguaianews.com