17-11-2011-MT está entre os 9 estados que pagam mais que o piso

Escrito por RD News.

Mato Grosso está entre as 9 unidades federativas que cumprem a lei nacional do piso para professores, que prevê remuneração mínima de R$ 1,1 mil para os profissionais da educação básica, que trabalham durante 40 horas semanais. A legislação garante ainda que os servidores passem pelo menos 33% desse tempo fora das salas de aula, para atender aos estudantes e preparar aulas. O levantamento é do jornal Folha de S. Paulo.

      Segundo a pesquisa, o tópico mais desrespeitado pelos Estados é o da jornada extra-classe. Ao todo, 15 descumprem essa norma. Destes, 4 também não pagam o piso. Mato Grosso, por sua vez, segue à risca o que prevê a legislação. A média da remuneração no Estado é de R$ 1,6 mil, R$ 473 à mais do valor mínimo estipulado.

    Por meio das regras, o governo federal busca melhorar as condições de trabalho dos professores e, consequentemente, a qualidade do ensino. Hoje, entretanto, pelo menos 17 Estados não vem cumprindo a determinação.

    Apesar de respeitar as normas, o desempenho de Mato Grosso no Ideb (em 2009), que aponta o desenvolvimento da educação nas unidades federativas, foi alvo de críticas. Acontece que houve a redução de um décimo na nota atingida em 2007 no ensino médio, que passou de 3,0 para 2,9 em 2009. Apesar disso, Mato Grosso conseguiu atingir a meta prevista, que era 2,9. Com o resultado, passou a ocupar 13º lugar no ranking nacional. Por outro lado, os índices registrados para as fases iniciais (4,9) do ensino fundamental (4,2) superam ou atingiram as metas projetadas, colocando o Estado no 5º lugar no ranking brasileiro.

 

Por: Ivone Lima

Pontaldoaraguaianews.com