17-10-2011-Aprovado projeto que obriga a execução de hino em escolas e eventos.

Durante a 35ª Sessão Ordinária da Câmara de Sinop, foi aprovado o projeto de lei que institui no município, a obrigatoriedade da execução do Hino de Sinop nas escolas públicas e privadas, nas inaugurações de obras, eventos oficiais e solenidades de caráter municipal. Durante a aprovação da matéria, vereadores cantaram o Hino de Sinop.

De autoria dos secretários da casa, Fernando Assunção (2º) e Leozenir Severo (1ª), o projeto determina que a execução do Hino Municipal deverá ser, pelo menos, uma vez por mês nos estabelecimentos de ensino da rede pública e particular. Ainda, a execução do Hino Municipal se fará na ocasião do hasteamento da bandeira, facultada a opção de escolha quanto ao dia a ser procedida, cabendo à Secretaria Municipal de Educação a fiscalização e orientação para o cumprimento da Lei.

A música também deverá ser executada em todas as solenidades de abertura dos jogos colegiais e demais jogos municipais organizados e promovidos pela Secretaria Municipal de Esporte e/ou Secretaria Municipal de Educação. Além da abertura da primeira sessão ordinária anual do Poder Legislativo, de todas as inaugurações de obras de caráter Municipal, bem como nos demais eventos promovidos pela Administração Municipal, especialmente nas datas comemorativas Municipais.

"A execução do Hino Municipal de Sinop tem como objetivo estimular entre jovens as noções de civismo, sentimento de patriotismo pela terra onde se nasce e se vive, além de envolver noções de cidadania e cultura”, explicam os vereadores.

Com a execução do Hino Municipal de Sinop, será possível ampliar o conhecimento e a divulgação da letra e da música do hino e dar ao povo a oportunidade não só de aprender a cantá-lo, mas também de aprender a amar e preservar os valores patrióticos que simboliza.

“Entendemos que, ao entoar o hino, não estaremos como dizem alguns críticos, tornando cidadãos passivos junto à sociedade, mas sim, despertando mais seu compromisso com a comunidade. Por isso, a necessidade de se retornar a prática de hastear e executar os Hinos, mensalmente. Essa conduta cívica trará de volta a importância dos símbolos nacionais, que incentivarão cada dia mais nossos estudantes a fagulha do amor a pátria e a sua cidade, pois vivemos um período em que estamos deixando esquecido o louvor da cidadania patriarca”, salientam os parlamentares.

O projeto de lei agora segue para sanção do prefeito Juarez Costa e posterior publicação.

Assecom/Câmara - Tauana Schmidt

 

Por: Ivone Lima

Pontaldoaraguaianews.com

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário