17-09-2011-Prefeito é acionado por nepotismo.

folhadoestado

O prefeito de Canarana, Walter Lopes Faria (PR), foi acionado nesta sexta-feira por nepotismo. Conforme ação do MPE (Ministério Público do Estado), Lopes alocou sua irmã e outros três parentes do presidente da Câmara dos Vereadores, Mauro de Souza (PR), sem a realização de concurso público.

A ação foi apresentada pela Promotoria de Justiça de Canarana na semana passada. Segundo o promotor Jorge Paulo Damante Pereira, a irmã do prefeito é contratada temporariamente, por meio de contrato de trabalho por tempo determinado, desde outubro de 2006 e exerce a função de bióloga no Distrito Sanitário Especial Indígena Xingu (DSEI-Xingu).

Damante afirma que a contratação foi realizada com base num convênio firmado em 2005 entre o município e a Funasa (Fundação Nacional de Saúde).

No caso dos parentes do presidente Câmara, o promotor afirma que Mauro é integrante da base política de Lopres e um dos maiores apoiadores da administração do atual prefeito.

“O bom trânsito do vereador na administração também resta evidenciado pelo fato dele ter emplacado sua mulher em cargo de comissão no ano de 2009, que, posteriormente, foi aprovada em concurso público”, disse.

O MPE pediu a exoneração dos quatro servidores e também de funcionários em cargos comissionados que tenham algum tipo de proximidade jurídica ou consanguinea com ocupantes de cargos públicos.

 

Por: Ivone Lima

Pontaldoaraguaianews.com