15-12-2011-STF libera posse de Jader Barbalho no Senado

O político foi barrado na Lei da Ficha Limpa e os 1.799.762 votos que recebeu o levarão agora a uma vaga no Congresso

 

Da Redação noticias@band.com.br

 

O STF (Supremo Tribunal Federal) divulgou na tarde desta quarta-feira que o registro de candidatura de Jader Barbalho foi liberado. O político havia sido barrado pela Lei da Ficha Limpa nas eleições de 2010.

O STF informou ao Portal da Band que o ministro Antonio Cezar Peluso definiu a votação, que estava empatada, com o aval dos demais ministros. A decisão foi tomada por volta das 15h30 desta quarta-feira. 

Mesmo inelegível em 2010, Jader Barbalho recebeu 1.799.762 votos e conseguiria uma vaga para o Senado. Segundo o Supremo, agora o TER-PA (Tribunal Regional do Pará) será comunicado para fazer a diplomação do político. Logo depois, Barbalho poderá tomar posse do cargo no Congresso. 

Processo no STF

Em novembro, ao analisar o último recurso usado pela defesa do político para tentar garantir sua posse, alguns ministros, entre eles o relator, Joaquim Barbosa, sugeriram que a defesa adotasse uma estratégia diferente para acelerar a solução do processo. No entanto, a defesa do político optou por levar o julgamento no Supremo até o final.

Ficha Limpa

Segundo candidato mais votado para representar o Pará no Senado nas últimas eleições, Barbalho não pôde assumir o cargo porque teve o registro negado pelo STF no ano passado. Ele foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa por ter renunciado ao cargo para escapar de possível processo de cassação. No entanto, depois de Barbalho ter sido considerado inelegível, o STF mudou de posição e estabeleceu que a Lei da Ficha Limpa não podia ser aplicada nas eleições de 2010.

 

 

 

Ivone Lima / pontaldoaraguaianews.com