13-01-2012-Meningite mata um e outras 4 estão internadas

Izabel Barrizon, repórter do GD

Uma pessoa morreu e outras 4 estão internadas com meningite do tipo meningocócica, e um suspeito do tipo haemophilus (bacteriana, tipo mais grave da doença) que está sob investigação, foram confirmados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT) nesta quinta-feira (12). Segundo a SES/MT, a época de chuvas é propícia à disseminação das meningites, devido à aglomeração das pessoas.

Dois casos, inclusive a morte foram registradas em Cuiabá. Outros dois são do município de Jaciara (144 km ao sul da Capital) e um de Alto Araguaia (415 km ao sul). O caso que está sendo investigado é do município de Colíder, norte do Estado.
Em 2011, 31 pessoas morreram vítimas de meningites em Mato Grosso. Nove sofreram o tipo meningocócica e 4 a bacteriana. Foram notificados 206 casos de meningites de todos os tipos, sendo 25 casos de meningite meningocócica e 36 da bacteriana.

A gerente de vigilância epidemiológica da SES/MT, Valéria Cristina da Silva, disse que “embora as meningites se manifestem durante o ano inteiro, sua ocorrência aumenta em períodos de inverno e chuvoso, quando as pessoas costumam ficar dentro de ambientes fechados que facilitam a transmissão da doença. Segundo a gerente, é importante manter o ambiente arejado sempre, com boa ventilação e entrada da luz solar. Nestas condições é mais difícil a transmissão da doença”.

A doença é uma infecção dos tecidos que envolvem o cérebro e a medula espinhal, também chamados de meninges. Existem vários tipos da doença, porém as que preocupam a saúde pública são as meningocócicas e haemophilus, que podem ser transmitidas em contato de pessoa a pessoa por meio de saliva, respiração, tosse, beijos e até pelo simples ato de falar.

Prevenção: A vacina BCG protege as crianças das formas graves da tuberculose, como a meningite por tuberculose. A vacina tetravalente (difteria, tétano, coqueluche e haemophilus influenza B), evita que se tenha meningite por haemophilus influenza B e a vacina tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba), confere a proteção contra a principal complicação da caxumba que é a meningite. A vacina pneumocócica 10V protege contra meningites causadas por este agente.

Para crianças acima de 01 ano, adolescentes, jovens e os adultos os métodos de prevenção incluem evitar aglomerações, manter as casas e outros locais frequentados (escolas, creches, salas de reuniões, dentre outros) sempre bem ventilados e ensolarados e manter medidas de higiene pessoal (lavando constantemente as mãos, especialmente ao usar o banheiro e antes de se alimentar) e higiene do lar. (Com SES/MT)