11-11-2011-Quadrilha armada invade duas agências e leva reféns

Da Redação - Alline Marques / De Sinop - Alexandre Alves

Um bando fortemente armado assaltou a agência do Sicredi em Colniza (1065 km de Cuiabá) no final da manhã desta quinta-feira (10), praticando uma modalidade de assalto conhecida como “novo cangaço”, utilizando armas de grosso calibre e colocando os clientes na frente da cooperativa de crédito para fazer o “escudo humano”.

“Também temos informações que o Bradesco foi roubado simultaneamente. Eles usavam escopetas e chegaram atirando”, informou a escrivã da Polícia Civil do município, Elisane Cavalcanti, por telefone.

Ela contou que as agências ficam uma ao lado da outra. O Bradesco só atende por meio de caixas eletrônicos. Após entrar nas unidades, os ladrões se dividiram. Enquanto uma parte levava o gerente eo  tesoureiro do Sicredi ao cofre, outro grupo foi até os caixas eletrônicos dos dois bancos. “Os ladrões abriram os caixas pelo fundo e pegaram todo o dinheiro que estava dentro, mas ainda não há informações da quantia levada”, falou a escrivã.

De posse dos malotes, a quadrilha forçou os reféns a embarcarem em duas caminhonetes e fugiu por uma estrada vicinal. Apesar da violência e do susto, até o momento não há informações de feridos. A polícia tenta estabelecer o cerco aos bandidos fechando as três saídas do município. “O delegado Arnaldo e o capitão Taques, da Polícia Militar, estão com os efetivos na tentativa de captura”, comentou a escrivã de polícia.

Uma mulher que trabalha em uma loja em frente ao Sicredi disse, que o bando era composto de aproximadamente dez homens. “Eles fecharam a avenida dos Pinhais e não deixaram ninguém passar. Já foram atirando a todo o momento. Aqui na loja ficamos com muito medo de levar um tiro”, conta a jovem . Segundo ela, na fuga os cangaceiros levaram quatro reféns. “Eram cliente e funcionários do Sicredi”, informou.

 

 

Publicação: Ivone Lima

Pontaldoaraguaianews.com