10-11-2011-Pe.Alberto da 104,9FM vai se candidatar a prefeito..

Escrito por Chocolate.

 

Amado, odiado, irreverente, polêmico, corajoso e outros adjetivos mais, podem ser empregados ao cidadão Antonio Alberto Mendes de Ferreira, ou simplesmente Padre Alberto, como é popularmente conhecido.

A história do padre Alberto sempre foi polêmica desde o momento que chegou em Barra do Garças, em 1988, onde surgiu um desentendimento com o bispo Antônio Sarto que o ameaçou de expulsão na época. Alberto foi afastado da paróquia onde atuava e respondeu um processo que questionava sua ordenação de padre. Todavia, ele ganhou o processo e afirmou na época foi vítima de uma perseguição do bispo barra-garcense, chegando ao ponto de entrar com um processo de assédio sexual contra o bispo. Na época, Alberto diz que foi ordenado pelo bispo em 1988 e de que a autoridade religiosa teria o assediado logo após a ordenação. O assunto rendeu na época, inclusive com reportagem na revista Isto É.

Padre Alberto conseguiu a primeira concessão de rádio comunitária da Grande Barra, em 1995, quando fundou a AMEI – Associação Comunitária Municipal Educacional e Informativa. Em 1998, entrava no ar a Rádio Liberdade FM 98,3. O padre recorda que na época que abriu a emissora fazendo um jornalismo crítico que afetou o interesse de poderosos políticos em Barra do Garças, que irritados conseguiram na justiça uma liminar para fechá-la. A rádio foi reaberta apenas em 2009, com o prefixo 104,9 e denominada Universitária FM.

Recentemente o padre voltou a ser notícia, logo após ter anunciado sua pré-candidatura a prefeito de Aragarças, pelo PCB - Partido Comunista Brasileiro. Ele foi candidato a vereador em 2000, mas acabou derrotado. Padre Alberto defende a participação coletiva na política. – Não adianta ficar reclamando dos políticos, dizer que são ruins e ficar acomodado. Temos que mostrar a cara e procurar fazer o melhor pelo desenvolvimento de nossa cidade. – disse.

 

Publicação: Ivone Lima

Pontaldoaragaianews.com

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário