09-05-2012-Traficante pediu para mãe seqüestrar a ex por desconfiar de infidelidade.

Preso em Bangu I, no Rio, ordenou crime de dentro da prisão.
Vítima foi levada para favela, espancada e teve o cabelo raspado.

Do G1 RJ

Um homem que está preso em Bangu I, na Zona Oeste do Rio, é suspeito de mandar sequestrar a própria mulher, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Carlos Renato da Conceição, de 19 anos, cumpre pena por tráfico de drogas e porte de arma. Ele está detido desde outubro de 2010.

Segundo o delegado Jorge Veloso, da 74ª DP (Alcântara), ele pediu à mãe que sequestrasse a mulher e lhe desse uma "esculachada", por ela não querer mais visitá-lo na cadeia e por achar que o filho do casal, de 1 ano, não fosse dele. A mãe do preso, a filha dela, de 16 anos, e dois homens foram detidos em flagrante, quando torturavam a jovem.

O delegado informou que todos vão responder pelos crimes de sequestro e tortura, o que para os adultos pode render uma pena de até 20 anos de prisão. A adolescente, encaminhada ao Juizado da Infância e Juventude, deverá ser internada numa instituição para menores.

O sequestro e tortura da jovem ocorreu na manhã de segunda-feira (7), segundo o delegado Jorge Veloso. Ela contou que foi arrancada da casa da família pela sogra, na frente de parentes e vizinhos por volta das 11h. A mãe da jovem chamou a polícia, que duas horas depois identificou o carro que a sequestara na Favela do Arrastão, em São Gonçalo e conseguiu libertar a jovem.

“Todos foram pegos em flagrante. As lesões na jovem mostram que ela sofreu tortura física e psicológica e ainda teve o cabelo raspado. Ela contou que não queria mais visitar o companheiro que está preso e que isso começou a gerar problemas. Ela queria se separar dele e a família dele começou a dizer que o filho poderia não ser dele. Diante da desconfiança, o traficante pediu que a mãe 'esculachasse" a mulher", detalhou o delegado, ressaltando que a jovem está bastante abalada.