06-09-2011-Bando rouba R$ 75 mil de frigorífico no estado e reclama de "merreca"

De Barra do Garças - Ronaldo Couto

Foto: Reprodução

Guarita da empresa já isolada pela perícia

Um bando fortemente armado assaltou, na madrugada desta segunda-feira (5), o frigorífico  JBS/Friboi, em Barra do Garças (503 km de Cuiabá). O grupo arrombou um caixa eletrônico e um cofre. 

Do cofre, o bando pegou R$ 35 mil cujo valor causou risos nos bandidos que chegaram a dizer "só essa merreca!". Na sequência, usando um maçarico a quadrilha estourou caixa eletrônico do Banco do Brasil dentro do frigorífico pegando mais 40 mil totalizando 75 mil nessa ação. Os bandidos imaginavam que pelo fato de ser uma empresa grande e início de mês, próximo da data de pagamento de salários, teria mais dinheiro. 

JBS/ Friboi abate 1,5 mil cabeças de gado por dia, emprega mais de 1.200 funcionários e é considerado o maior frigorífico do mundo.

A ação

O assalto começou por volta de 01h45 quando o bando rendeu os seguranças e funcionários que estavam chegando para trabalhar no turno de madrugada. A quadrilha tinha entre sete e dez integrantes. Alguns dos bandidos podem ter  chegado pelo rio Araguaia, uma vez que estavam com sapatos e tênis sujos de lama. Inicialmente, eles destruíram as câmeras de segurança da guarita e do caixa eletrônico.

Todavia a ação do bando foi filmada dentro da área administrativa pelas câmeras da empresa. Os funcionários e seguranças foram postos numa sala escura e alguns até amarrados.

O bando permaneceu no interior da empresa por mais de uma hora. Terminado o roubo, alguns funcionários se soltaram por volta das 3h00 e chamaram a Polícia Militar (PM), que chegou dez minutos depois.

Pelo fato de a maioria dos integrantes agir de ‘cara limpa’, a polícia suspeita que o bando seja de outra cidade ou até mesmo outro estado, todavia informações  preliminares levam a crer que o bando conta com a participação de alguém da cidade.

Um dos bandidos teria se dirigido para um dos funcionários dizendo ‘não mexe com esse aqui porque é gente boa’ dando entender que o conhecia.

Além de portar armas de grosso calibre, o quadrilha estava com dois carros para fuga e equipamentos para explosão de caixa eletrônico como dinamites, gás, maçarico, chaves e ferramentas e luvas. Pelo modo de agir, pode ser o mesmo grupo de ladrões que vem assaltando bancos em MT. 

A Polícia Civil que voltou a trabalhar com 30% registrou o assalto e acionou a Politec que colheu digitais e imagens da empresa.

 

Publicação: Ivone Lima

Pontaldoaraguaianews.com

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário