05-09-2011-Tucano pede expulsão de Thelma e Antero por ida em filiação de Dorileo.

Da Redação – Julia Munhoz

 

As manifestações públicas do ex-senador Antero Paes de Barros e a ex-deputada federal Thelma de Oliveira, ambos do PSDB, em favor da pré-candidatura do empresário João Dorileo Leal (PMDB) à Prefeitura de Cuiabá, em 2012, causou indignação na militância tucana e até na Executiva Municipal da sigla. Os dois membros do partido participaram do ato de filiação do empresário realizado na quinta-feira (1), com a presença do vice-presidente da república Michel Temer (PMDB).

Diante disso, o líder comunitário Valmir Molina, titular da Executiva tucana, anunciou que vai exigir uma posição firme e urgente do Diretório Estadual em relação ao compromisso de ambos, com o pré-candidato do PSDB ao Palácio Alencastro, deputado estadual Guilherme Maluf. “A simples presença deles na filiação de Dorileo Leal ao PMDB, festeiros e sorridentes, comprova o que vem sendo veiculado há tempos pela imprensa”, afirma Molina.

O dirigente tucano argumenta que, se o presidente do partido em Mato Grosso, deputado federal Nilson Leitão, realmente deseja reestruturar a agremiação, inclusive dando musculatura à candidatura própria, tem de tomar medidas enérgicas quanto as atitudes do ex-senador e à ex-deputada e primeira-dama.

Segundo Molina, é do domínio público que Antero é empregado de João Dorileo. “Ele deveria é demonstrar grandeza que marcou sua trajetória e afastar-se do partido, ficando livre para apoiar o patrão, pois sabemos que ele é Leal a Dorileo”, ponderou Molina.

Sobre Thelma de Oliveira, atual presidente nacional do PSDB Mulher, Valmir Molina sugere que ela adote uma postura aguerrida junto à militância tucana, como sempre fez. “Sem dúvida, a [ex] deputada Thelma é uma referência interna e sua presença na pré-campanha de [Guilherme] Maluf seria uma passo importante para demonstrar a unidade do PSDB de Cuiabá”, resume ele.

Valmir Molina protocolou ofício no Diretório Regional do PSDB solicitando que a Executiva Estadual tome as providencias cabíveis, no caso, em caráter de urgência, sendo que, em caso de radicalismo, ambos sejam até mesmo penalizados com a expulsão. Com informações da assessoria.

Outro Lado

A ex-deputada disse em entrevista ao Olhar Direto, por telefone, que viajou nesta sexta-feira (2) para Porto Alegre (RS) para participar de um encontro do PSDB Mulher e que somente irá se manifestar após retornar para Cuiabá e tomar ciência da situação.

O ex-senador tucano também ignorou a manifestação do dirigente. “Eu tenho mais o que fazer do que responder para ninguém”, afirmou Antero, se referindo a Molina.

 

 

Postada por: Ivone Lima

Pontaldoaraguaianews.com

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário