04-01-2012-Mulher reage a agressão e mata marido com golpes de garrafa

Da Redação - Priscilla Vilela

Uma mulher foi presa após ter assassinado o marido durante uma briga do casal, no município de Canarana (827 km de Cuiabá). Cleidy Bueno Mourão alegou que cometeu o crime para se defender.

A Polícia Militar (PM) informou ao Olhar Direto que a acusada foi agredida com socos e com golpes de cabo de televisão. A mulher afirmou ainda que o esposo, Sidney Pereira Martins, de 22 anos, tentou enforcá-la e a ameaçou de morte.

O casal havia festejado a passagem de ano em uma fazenda próximo a sua residência e, na volta, o marido, que estava embriagado, começou a agredi-la. Para se defender, ela se armou com uma garrafa e golpeou Sidney.

A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu. Quanto à acusada, foi presa em flagrante e encaminhada à delegacia. Ela se apresentou com um advogado, alegou legítima defesa e logo foi liberada pelos policiais.

Várias ocorrências já haviam sido registradas contra Sidney, inclusive outras acusações de agressão contra sua esposa Cleidy Mourão.