03-05-2012-Alencar deixa o TCE e assume pré-candidatura a prefeito

Conselheiro se despede em discurso; vaga é da Assembleia Legislativa

Marcos Bergamasco/TCE

 

Alencar Soares, que deixa o TCE para disputar a Prefeitura de Barra do Garças

LAÍSE LUCATELLI
DA REDAÇÃO

O conselheiro Alencar Soares anunciou, oficialmente, em discurso no Plenário, nesta quinta-feira (3), o seu afastamento do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT).

Ele deixa a função para se dedicar à campanha pela Prefeitura de Barra do Garças (509 km a Leste de Cuiabá).

No discurso, Alencar afirmou que a política é uma de suas "paixões". "A política pulsa no meu coração", disse o conselheiro, acrescentando que nunca escondeu que seu sonho é o de ser prefeito de Barra do Garças, seu principal reduto eleitoral, no Vale do Araguaia.

Alencar Soares ainda não decidiu o partido pelo qual disputará as eleições municipais. Contudo, há indícios de que ele deve se filiar ao PSD, que, em Mato Grosso, é liderado pelo presidente da Assembleia Legislativa, José Riva.

A indicação do substituto do conselheiro é da Assembléia Legislativa. O deputado Sérgio Ricardo (PR) é cotado para a vaga.

Eder Moraes

O conselheiro Alencar Soares deixará o cargo em meio às polêmicas que culminaram na queda de Eder Moraes do comando da Secretaria Extraordinária da Copa 2014 (Secopa).

O ex-secretário foi acusado de “plantar” reportagem no jornal semanal “Circuito Mato Grosso”, denunciando uma suposta negociação envolvendo a vaga de Alencar no TCE.

Segundo a reportagem, ele teria vendido por R$ 12 milhões sua vaga como membro do tribunal, e o beneficiado seria o deputado Sérgio Ricardo (PR).

O republicano é, de fato, o mais cotado para assumir a vaga de Alencar. Riva já declarou à imprensa que a cadeira do conselheiro será preenchida por indicação da Assembleia Legislativa, e que a intenção é nomear um deputado estadual.

“Quem está sendo cogitado é o deputado Sérgio Ricardo. Naturalmente, se ele não quiser, outro deputado vai querer”, declarou o presidente da AL, José Riva, em entrevistas anteriores.

Os deputados republicanos J. Herminio Barreto e Mauro Savi também estão na espera para ocupar uma cadeira no TCE.